O banho de cores
O banho de cores
Autor: Jonas Ribeiro Ilustrador: Mariângela Haddad Editora: Editora do Brasil Público Alvo: 2º ao 5º ano

Apresentação

Texto em letra bastão. Um dia, Cora decidiu que tomar banho com água e sabão não era o suficiente. Ela queria mais do que lavar o corpo. Ela queria lavar a alma! Então, imaginou um chuveiro diferente e muito surpreendente. A propósito, de que cor é o banho que você precisa tomar?

Trecho do Livro

CORA QUERIA MAIS DO QUE
LAVAR O CORPO POR FORA
E DEIXAR A SUJEIRA IR EMBORA.

CORA QUERIA MAIS DO QUE
UM SIMPLES BANHO
DE CHUVA OU CHUVEIRO,
DE MANGUEIRA OU BANHEIRA.

CORA QUERIA ILUMINAR
O CORPO POR DENTRO
E COLORIR SEUS SENTIMENTOS.

NÃO CONSEGUIRIA O QUE QUERIA
SÓ COM ÁGUA E XAMPU
OU SÓ COM BUCHA E SABONETE.

SE ACREDITASSE NO INVISÍVEL,
CONSEGUIRIA UM RESULTADO INCRÍVEL.

POR ISSO, CORA INVENTOU
O MARAVILHOSO BANHO DE CORES.
NINGUÉM VIA O NOVO COLORIDO
QUE O BANHO MÁGICO TRAZIA,
MAS TODOS SABIAM E PERCEBIAM
QUE, DEPOIS DO BANHO DE CORES,
OS OLHOS DE CORA EXIBIAM
UMA CONTAGIANTE ALEGRIA.

ERA TUDO SIMPLES
E DESCOMPLICADO.

CORA IMAGINAVA UM REGISTRO,
UM CHUVEIRO E A COR QUE
ALEGRAVA SEU CORAÇÃO.

GIRAVA O REGISTRO
E A COR DESEJADA
ESCORRIA DO...

O banho de cores
Voltar para a categoria