Apresentação

A Páscoa passou e os coelhos ficaram sem trabalho. Os gêmeos Caio e Daniela continuam com vontade de comer ovos, e é justamente essa vontade que os leva a criar um complexo de piscinas de chocolate. Com a ajuda do cachorro Sabichão e do inventor Adamastor, o sonho vira realidade e os gêmeos conseguem ajudar os vizinhos e os coelhos desempregados. Uma aventura maravilhosa, deliciosa e muito apetitosa.


Image-placeholder-1

Trecho do Livro

“"...- Que ideia?
- E se a gente enchesse a piscina com chocolate? Qualquer criança ia querer dar um mergulho nela! Caio e Sabichão pulam de alegria com a ideia da Daniela. De um minuto para o outro, Sabichão murcha e joga um balde de água fria na ideia:
- Não daria certo mesmo, de jeito nenhum. As crianças beberiam todo o nosso chocolate.
- Verdade, não sobraria uma única gota para contar a história. Talvez, se nós conversarmos com aquele nosso vizinho do final da rua, o inventor Adamastor... Ele adora inventar máquinas malucas. É bem possível que ele tenha alguma ideia. Vamos até lá? Adamastor abre a porta e sorri. Ele convida o trio a entrar. Ouve toda a história, de fio a pavio, e manifesta o desejo de conhecer a piscina onde eles pretendem desenvolver o projeto. Dessa forma, o trio volta para casa levando o Adamastor. O inventor, entusiasmado com a ideia, mede a piscina várias vezes, faz cálculos e anuncia: - Existe um jeito de a piscina ficar sempre cheia... Daniela, Caio e Sabichão fazem a mesma pergunta: - Qual?
- Podemos instalar um dispositivo magnético na lateral esquerda da piscina. Ele faria a reposição imediata de todo o chocolate bebido pelas crianças e adultos. Se a criança beber cinco litros, por exemplo, o dispositivo fará a reposição de exatamente cinco litros de chocolate. Tudo muito simples. Sabichão coça a cabeça e pergunta: - E como você irá criar um aparelho com estas propriedades?
- Já está criado, basta instalar. Quando vocês colocarão o chocolate para nós realizarmos os primeiros testes? Caio abaixa a cabeça e confessa: - Não temos dinheiro. Só estávamos sonhando em ajudar os coelhos e os vizinhos... Adamastor vai de um lado a outro, bastante pensativo. Coça o queixo, olha para a piscina, faz novas contas e joga uma proposta no ar.
- Estou disposto a ajudá-los. Ganhei um prêmio em dinheiro no ano passado e nem mexi nele, trata-se de uma verdadeira fortuna. Podemos levar a ideia adiante e, em vez de uma única piscina, montaremos um parque aquático, ou melhor, um parque chocolístico. Será o maior complexo de piscinas de chocolate que o mundo já conheceu. O que vocês acham?..."




VOLTAR PARA CATEGORIA